Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

EQUIPE DE NUTRIÇÃO DA SANTA CASA ATUA NO COMBATE À DESNUTRIÇÃO HOSPITALAR
12/06/2018

No último dia 6 de junho, as nutricionistas da Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos comemoraram o dia ‘’D’’ de combate à desnutrição hospitalar. O objetivo da data foi conscientizar sobre a prevalência da desnutrição e os impactos causados ao paciente.

Essa  Campanha é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN). A primeira edição da campanha “Diga não à Desnutrição” teve como foco alertar a população e principalmente os profissionais de saúde sobre a prevalência e os problemas causados pela desnutrição nas unidades hospitalares.

De acordo com o presidente da BRASPEN, o médico nutrólogo Diogo Toledo, a desnutrição é silenciosa e um dos maiores problemas de saúde pública que vem sendo negligenciado há mais de 20 anos.

Como parte da celebração da data, a Santa Casa de Ourinhos recebeu a visita da nutricionista da Nestlé, Simone Santos.

As profissionais nutricionistas da Santa Casa de Ourinhos, com o apoio da Equipe Multidisciplinar, realizam um trabalho extremamente importante no combate à desnutrição hospitalar. Com o apoio da Equipe Multidisciplinar, é realizada diariamente a triagem de risco nutricional, diagnóstico, manejo e tratamento da desnutrição utilizando dietas especiais e suplementação.

A desnutrição é uma síndrome importante que atinge um grande número de pacientes e que deve ser prevenida e tratada simultaneamente com os demais tratamentos.  Pacientes desnutridos têm tempo de internação três vezes maior.

Segundo estudos, a desnutrição é prevalente em pacientes com mais de 60 anos, oncológicos ou aqueles submetidos a procedimentos cirúrgicos. Um dado relevante é que um a cada três pacientes internados está desnutrido.

A identificação precoce evita uma série de complicações como: pior resposta imunológica, atraso no processo de cicatrização, maior probabilidade de desenvolvimento de lesões por pressão, aumento no tempo de internação e do risco de mortalidade e reincidência de internação.

Conheça os 11 passos para o combate à Desnutrição:

D – Determine o risco e realize a avaliação nutricional

E – Estabeleça as necessidades calóricas e proteica

S – Saiba a perda de peso e acompanhe o peso a cada 7 dias

N – Não negligencie e jejum

U – Utilize métodos para avaliar e acompanhar a adequação nutricional ingerida vs estimada

T – Tente avaliar a massa e a função muscular

R – Reabilite e mobilize precocemente

I – Implemente pelo menos dois indicadores de qualidade

Ç – Continuidade no cuidado intra-hospitalar e registro dos dados em prontuário

à – Acolha e engaje o paciente e/ou familiares no tratamento

O – Oriente a alta hospitalar


Sta Casa Ourinhos em parceria com Ag. Trilhos